O Icesp realizou, na noite do dia 6 de agosto, a entrega do Prêmio Octavio Frias de Oliveira. O evento, que está em sua nona edição, tem como objetivo promover o reconhecimento e a contribuição nacional na prevenção e combate ao câncer.

O prêmio foi concedido em três diferentes categorias: Personalidade de Destaque, Pesquisa em Oncologia e Inovação Tecnológica em Oncologia. Os vencedores recebem uma premiação em dinheiro, no valor de R$ 20 mil cada, além de um certificado. Foram escolhidos por uma comissão julgadora do Icesp e do jornal Folha de S. Paulo, além de membros da sociedade comprometidos com o tema. 

Na categoria Personalidade de Destaque, o ganhador foi Prof. Dr. Antônio Sergio Petrilli, Diretor Geral do Instituto de Oncologia Pediátrica - GRAACC, um dos principais nomes da oncologia pediátrica do País. Incansável na busca por novas tecnologias, sua principal missão sempre foi garantir todas as chances possíveis de cura e qualidade de vida ao máximo de crianças e adolescentes com câncer no Brasil. 

Na segunda categoria, Pesquisa em Oncologia, o destaque foi para os pesquisadores do Instituto de Química da USP, pelo estudo que busca entender o mecanismo que as células usam para formar metástases, que passam por todo o sistema imunológico, invadindo outro tecido e crescendo em outro local. Coordenado pela pesquisadora Claudiana Lameu, o grupo encontrou uma molécula que diminui fortemente o processo do câncer, que poderá ter uma aplicação futura para melhoria dos tratamentos atuais. 

A descoberta é inovadora e envolve uma via molecular pouco apreciada em oncologia, a via peptídeo bradicinina, originalmente descoberta no Brasil.

Quem levou o prêmio em Inovação Tecnológica em Oncologia foi o pesquisador Marcos Tadeu dos Santos, representando o grupo de pesquisadores da ONKOS Diagnósticos Moleculares, no trabalho desenvolvido em conjunto com o Hospital do Câncer de Barretos e o laboratório Fleury, sobre tumores metastáticos de origem desconhecida. O grupo desenvolveu um exame onde dezenas de genes são interpretados e analisados por uma inteligência artificial, sendo possível sugerir ao oncologista qual a origem tecidual dos tumores metastáticos, tentando auxiliar num tratamento mais direcionado e eficaz ao paciente. 

“É um orgulho muito grande para o Icesp premiar contribuições que são fundamentais ao paciente oncológico, profissionais que estão constantemente focados na cura do câncer, seus avanços e novas possibilidades de tratamento”, afirma o diretor geral do cesp, Paulo Hoff.

“A premiação tem como principal objetivo incentivar e prestigiar profissionais comprometidos com a compreensão da doença e seu combate, que dedicam suas vidas à pesquisa, trazendo possibilidades de novas terapias e avanços à medicina. Eles merecem nosso reconhecimento e respeito”, comenta o presidente do Conselho Diretor do Icesp, Roger Chammas. 

INSTITUTO DO CÂNCER DO ESTADO DE SÃO PAULO

Av. Dr. Arnaldo, 251 - Cerqueira César - São Paulo - SP
CEP: 01246-000 | Tel.11 3893-2000