No final de junho, as pacientes que integram o Remama, programa lançado em 2013 pelo Icesp e que faz do remo um aliado na reabilitação de mulheres que tiveram câncer de mama, se reuniram na Raia da USP para celebrar o encerramento das atividades do semestre e as conquistas referentes ao movimento. Entre elas, está a aquisição de um Barco Dragão.

Com patrocínio da AEDREHC (Associação para a Educação, Esporte, Cultura e profissionalização da Divisão de Reabilitação do Hospital das Clínicas), este, que é o barco oficial do movimento, possibilitará o aumento do número de vagas para o projeto.

Agora, a equipe de remadoras do Remama, que passou a se chamar Remama Dragão Rosa, participará, em breve, de duas competições importantes. Além de ser uma das duas equipes brasileiras inscritas no IBCPC (International Breast Cancer Padlers Commission), em outubro, integrará a segunda edição do Kaora.

De acordo com a Dra. Christina May Moran de Brito, Coordenadora Médica do Serviço de Reabilitação, também foi feita uma parceria com a Escola de Educação Física da USP para o desenvolvimento de um projeto de pesquisa e também para possibilitar a participação de alunos da graduação e pós-graduação em atuação conjunta com os professores da Raia e do CEPEUSP (Centro de Práticas Esportivas da Universidade de São Paulo).

INSTITUTO DO CÂNCER DO ESTADO DE SÃO PAULO

Av. Dr. Arnaldo, 251 - Cerqueira César - São Paulo - SP
CEP: 01246-000 | Tel.11 3893-2000