Evento - VI Jornada de Cuidados Paliativos do ICESP

Data do Evento 23/08/2013
Titulo VI Jornada de Cuidados Paliativos do ICESP
Descrição

Sexta-feira (23/8)

DAS 19H30 ÀS 20H30 – Palestra de abertura - Visão filosófica da morte na sociedade atual - PALESTRA
- Luiz Felipe Pondé
graduou-se inicialmente em Medicina pela Universidade Federal da Bahia e, depois, cursou Filosofia Pura pela Universidade de São Paulo (USP). É doutor em Filosofia Moderna também pela USP e pós-doutor pela Universidade de Tel Aviv, Israel. Atuou como professor convidado nas universidades de Marburg (Alemanha) e de Sevilha (Espanha). Atualmente é professor do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da Pontifica Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), professor titular da Faculdade de Comunicação da FAAP. Possui vínculos em pós-graduação com a Escola Paulista de Medicina e a UNIFESP, além de ministrar diversos cursos na Casa do Saber. É também colunista, desde 2008, do jornal Folha de São Paulo. Autor de O Homem Insuficiente (EDUSP, 2001), Crítica e Profecia – Filosofia da Religião em Dostoievski (Editora 34, 2003), Conhecimento na Desgraça – Ensaio de Epistemologia Pascaliana (EDUSP, 2004), Do Pensamento no Deserto – Ensaios de Filosofia da Religião (EDUSP, 2009), Contra um Mundo Melhor – Ensaios do Afeto (LEYA Brasil, 2010).

DAS 20H30 ÀS 21H30 – A arte de gerar vida no mundo em transformação - PALESTRA
- Walmir Cedotti
é psicanalista clínico. Atualmente, atua como consultor em desenvolvimento humano e de equipes do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp).

21H30 – Coquetel


Sábado (24/8)

DAS 8H ÀS 10H – OPÇÃO 1 - PALESTRA
Mesa redonda – experiências de educação em cuidados paliativos para a graduação/pós-graduação em diversas áreas da saúde: momento atual e perspectivas futuras.
- Dra. Cibele Andruccioli de Mattos Pimenta
é diretora do Depto. de Enfermagem do Hospital Universitário da USP. Professora titular do Departamento de Enfermagem Médico-Cirúrgica
Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo.
- Ana Catarina Araujo Elias é professora titular do curso de Psicologia da Universidade Paulista (UNIP). Membro da Sociedade Brasileira de Psico-Oncologia (SBPO), da Associação Brasileira de Cuidados Paliativos (ABCP), da Academia Nacional de Cuidados Paliativos (ANCP) e membro efetivo da Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED).
- Dra. Maria das Graças Mota Cruz de Assis Figueiredo é especialista em Psiquiatria pela Unifesp-EPM.  Coorganizadora e ex-professora das disciplinas eletivas de Cuidados Paliativos e de Tanatologia da Unifesp. Professora da Disciplina de Tanatologia e Cuidados Paliativos da Faculdade de Medicina de Itajubá – Itajubá (MG). Coordenadora da Liga de Cuidados Paliativos da FMIt.
- Letícia Andrade é mestre (2000) e doutora (2007) em Serviço Social pela PUC-SP, com pós-doutorado (2012) em Serviço Social pela mesma instituição. Assistente social do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, realizando atividades no Núcleo de Cuidados Paliativos e no Núcleo de Assistência Domiciliar Interdisciplinar. É coordenadora da Comissão de Treinamento e Ensino do Programa de Aprimoramento e Especialização em Serviço Social Médico do referido hospital, docente da Faculdade Paulista de Serviço Social (FAPSS-SP) e foi membro do Grupo de Estudo sobre Cuidados Paliativos do CREMESP (Conselho Regional de Medicina de São Paulo).

DAS 8H ÀS 10H – OPÇÃO 2 - OFICINA
Oficina Família como unidade de cuidados: limites e possibilidades.
Organização: Equipe Cuidados Paliativos ICESP.
Público-alvo: profissionais da área de saúde que atuam ativamente nos cuidados à familiares de pacientes, principalmente assistentes sociais, psicólogos e enfermeiros. Oficina sugerida tanto para profissionais já atuantes em cuidados paliativos quanto àqueles que ainda não têm experiência com este tipo de população, mas se deparam com dificuldades nos cuidados aos familiares de pacientes.
Grau de complexidade: básico-intermediário.

DAS 8H ÀS 10H – OPÇÃO 3 - OFICINA
Oficina Delirium: diagnóstico, manejo e abordagem de equipe multiprofissional.
Organização: Equipe Cuidados Paliativos ICESP.
Público-alvo: médicos e enfermeiros que em sua experiência clínica se deparam com pacientes em delirium (estado confusional agudo). Os casos clínicos e as discussões abordarão o diagnóstico, manejo dos sintomas (farmacológico e não-farmacológico), abordagem da equipe multiprofissional e acolhimento a familiares.
Grau de complexidade: intermediário.

DAS 8H ÀS 10H – OPÇÃO 4 - OFICINA
Oficina Comunicando más notícias: técnicas e fundamentos para a comunicação adequada.
Organização: Equipe cuidados paliativos ICESP.
Público-alvo: profissionais que, habitualmente, se deparam com a necessidade de dar más notícias a pacientes e familiares, preferencialmente médicos e enfermeiros. Profissionais de outras áreas, porém, também podem se beneficiar desta oficina como forma de aprimoramento nas técnicas de comunicação entre o profissional e seu paciente. Esta oficina abordará os fundamentos básicos da comunicação e as técnicas para a comunicação de más notícias, sendo considerada a base para discussão de comunicações mais complexas, como manejo de reuniões familiares.
Grau de complexidade: baixo-intermediário.

_____


DAS 10h ÀS 10h30 – Coffee break

_____


DAS 10H30 ÀS 12H30 – OPÇÃO 1 - PALESTRA
Como transmitir o conceito de cuidados paliativos ao público leigo: o papel da mídia.
Eliane Brum
é jornalista, escritora e documentarista. Trabalhou durante 11 anos como repórter do jornal Zero Hora, de Porto Alegre, e 10 como repórter especial da Revista Época, em São Paulo. Como jornalista, ganhou mais de 40 prêmios nacionais e internacionais de reportagem, como Esso, Vladimir Herzog, Ayrton Senna, Sociedade Interamericana de Imprensa e Rei de Espanha.  Atualmente, trabalha como freelance e se dedica a livros e documentários. Mantém uma coluna semanal de opinião no site da Revista.

Como aplacar a dor e o sofrimento: a contribuição do assistente espiritual.
Anísio Baldessin
é padre da Ordem de São Camilo. Bacharel em Filosofia e Teologia, capelão do Hospital das Clínicas e do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP) e coordenador do Curso de Especialização em Bioética e Pastoral da Saúde. Autor de alguns livros, entre eles  Entre a Vida e a Morte e Medicina e Religião.

DAS 10H30 ÀS 12H30 – OPÇÃO 2 - OFICINA
Oficina Formação médica em cuidados paliativos: experiência Hospital das Clínicas/ICESP - FMUSP.
Organização: equipe de cuidados paliativos Hospital das Clínicas da FMUSP e ICESP.
Público-alvo: envolvidos com o processo de educação ou que planejam implantar programas de educação em cuidados paliativos em seus serviços.  Nesta oficina será exposta a experiência do HC/ICESP de educação em cuidados paliativos para residentes do segundo ano de clínica médica e para médicos em especialização em cuidados paliativos. Equipe irá expor sua experiência em educação, abordando conteúdo programático, carga horária e avaliação, promovendo um espaço propício para a troca de experiência entre diferentes serviços.
Grau de complexidade: avançado.

DAS 10H30 ÀS 12H30 – OPÇÃO 3 - OFICINA
OFICINA Tratamento intervencionista da dor: indicações e técnicas.
Organização: Equipe de Algologia do ICESP.
Público-alvo: médicos e enfermeiros com experiência clínica no tratamento a pacientes com dor intensa. Oficina tem comoo objetivo discutir as indicações e as técnicas de tratamentos intervencionistas para o controle de dor, não sendo provavelmente adequada para profissionais que não estão habituados em sua prática clínica a cuidar de pacientes com dor intensa de difícil manejo ou que não tenham conhecimentos mais básicos sobre o manejo farmacológico de dor.
Grau de complexidade: avançado.


DAS 10h30 ÀS 12h30 – OPÇÃO 4 - OFICINA
Oficina Conferência familiar: como a comunicação adequada pode ajudar a interação entre equipe e familiares.
Organização: equipe de Cuidados Paliativos ICESP.
Público-alvo: profissionais da área de saúde que buscam aprimorar suas técnicas de comunicação e manejo de conferências familiares. Adequado para médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e outros profissionais que frequentemente se deparam com a necessidade de participar de reuniões entre a equipe de saúde e familiares de pacientes graves.
Grau de complexidade: intermediário.

_____


DAS 12h ÀS 14h30 – Almoço

_____


DAS 14h30 ÀS 16h30 – OPÇÃO 1 - PALESTRA
Mesa redonda – experiências de implantação de serviços de cuidados paliativos oncológicos.
- Cuidados paliativos em domicílio: experiência do Instituto Nacional do Câncer (INCA)
Dra. Teresa Cristina da Silva dos Reis é médica cirurgiã oncológica, chefe da Divisão Técnico-Assistencial e vice-diretora do Hospital do Câncer IV - Unidade de Cuidados Paliativos do INCA.
- Cuidados paliativos intrahospitalares e em hospice: experiência do ICESP
Dr. Toshio Chiba é médico geriatra formado pela FMUSP, titulado pela SBGG/AMB. Doutor em medicina pela Faculdade de Medicina da USP. Membro da Comissão de Cuidados Paliativos da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia. Responsável pela implantação do Serviço de Cuidados Paliativos do ICESP e, atualmente, chefe da Equipe de Cuidados Paliativos do ICESP.


DAS 14h30 ÀS 16h30 – OPÇÃO 2 - OFICINA
Oficina Cuidados com feridas: a experiência do Hospice ICESP – Núcleo Avançado de Cuidados Especiais (NACE).
Organização: Organização: Equipe de Cuidados Paliativos Hospice ICESP (Núcleo Avançado de Cuidados Especiais).
Público-alvo: enfermeiros e médicos que desejam aprimorar-se nos cuidados de feridas.
Grau de complexidade: baixo-intermediário.

DAS 14h30 ÀS 16h30 – OPÇÃO 3 - OFICINA
Oficina O desafio no manejo do paciente com câncer de cabeça e pescoço.
Organização: equipe Cuidados paliativos ICESP.
Público-alvo: médicos, enfermeiros, nutricionistas, assistentes sociais e farmacêuticos que se deparam com os desafios dos cuidados à pacientes com neoplasia de cabeça e pescoço. Oficina discutirá o manejo aos cuidados à feridas com base na experiência da equipe de enfermagem do Hospice ICESP (Núcleo Avançado de Cuidados Especiais). Serão discutidos manejo de sintomas comuns nesta população como dor, sangramento,  infecções além de discussões sobre vias de alimentação/medicação, traqueostomia, manejo das dificuldades sociais e emocionais. Esta atividade também tem o objetivo de discutir o atendimento interdisciplinar aos pacientes, promovendo integração entre diferentes áreas.
Grau de complexidade: intermediário.

DAS 14h30 ÀS 16h30 – OPÇÃO 4 - OFICINA
Oficina Como ensinar comunicação para profissionais da área de saúde: estratégias de ensino-aprendizagem.
Organização: equipe de Cuidados Paliativos ICESP
Público-alvo: profissionais inseridos em programas de educação para a área de saúde e desejam aprimorar suas técnicas para o ensino de comunicação.
Grau de complexidade: alto.

_____


DAS 16h30 ÀS 17h – Coffee break

_____

DAS 17H ÀS 18H - Palestra de encerramento - Testamento Vital: da teoria à prática clínica - PALESTRA
Dr. José Eduardo de Siqueira
é médico cardiologista, mestre em bioética. Atualmente é professor associado da Universidade Estadual de Londrina, presidente da Sociedade Brasileira de Bioética (2005-2007). Membro Assessor da Redbioética/UNESCO para América Latina e Caribe. Membro do board de Diretores da International Association of Bioethics. Membro da comissão de cuidados paliativos do Conselho Federal de Medicina.

 

Coordenação:
Dra. Tânia Vannucci Vaz Guimarães.
Dr. Toshio Chiba.
Gabriela Carone, farmacêutica.

Orientação: Prof. Dr. Edson Abdala.

Supervisão: Prof. Dr. Milton de Arruda Martins.

Apoio: Diretorias Clínica, Executiva e Administrativa do ICESP.

Realização: Equipe de Cuidados Paliativos ICESP.

 

Mais informações, clique aqui.

Local Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP).
Endereco Av. Dr. Arnaldo – Cerqueira Cesar.
Numero 251
Complemento Próximo a estação Clínicas, do Metrô. Não há estacionamento no local.
Estado São Paulo
Cidade São Paulo