Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de SP

Inaugurado em 19 de abril de 1944, o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP - HCFMUSP - é uma autarquia estadual vinculada à Secretaria de Estado da Saúde para fins de coordenação administrativa e associada à Faculdade de Medicina da USP para fins de ensino, pesquisa e prestação de ações e serviços de saúde de alta complexidade destinados à comunidade.

O Complexo HC ocupa uma área total de aproximadamente 380 mil metros quadrados com cerca de 2.200 leitos distribuídos entre os seus sete institutos especializados no atendimento de alta complexidade, dois hospitais auxiliares e duas unidades especializadas. 

Compõem o Complexo: Prédio da Administração e anexos; Instituto Central (ICHC); Instituto de Ortopedia e Traumatologia (IOT); Instituto de Psiquiatria (IPQ); Instituto da Criança (ICr); Instituto do Coração (InCor); Instituto de Radiologia (InRad); Instituto de Medicina Física e de Reabilitação (IMREA); Hospital Auxiliar de Suzano; Hospital Auxiliar de Cotoxó; Casa da Aids; Laboratórios de Investigação Médica; Centro de Convenções Rebouças e Escola de Educação Permanente.
 
Em 18 de março de 2009, foi assinado Termo de Cooperação, celebrado entre a Fundação Faculdade de Medicina (FFM), a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), que estabelece o intercâmbio de conhecimento entre os participantes, no âmbito de suas especialidades e capacidades técnicas, na implementação e operacionalização das ações e serviços de saúde, ensino e pesquisa do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo. Conforme o referido Termo: o HCFMUSP responsabiliza-se a participar do desenvolvimento das atividades de assistência integral à saúde, necessárias a viabilização do atendimento aos pacientes do Icesp, com o padrão de qualidade e produtividade requeridas no Contrato de Gestão celebrado entre FFM, a Secretaria de Estado da Saúde e os princípios norteadores do Sistema Único de Saúde